quinta-feira, 22 de julho de 2010

LEMBRETE!



LEMBRETE!
(Edolesia Andreazza)

Por mais que tudo se ponha contra mim
E nem eu acredite na minha vitória
Sei que mesmo isso (que não me da prazer)
Tem um motivo para existir
Uma lição a me ensinar
E uma curva para me conduzir
Para lá...Onde devo chegar

Então não resisto
Deixo essa onda me levar...
Porque sei que estou indo
Para onde é o meu lugar

Um comentário: